Sítio do Instituto de Filosofia Luso-Brasileira

AQUILES CÔRTES GUIMARÃES (1937-2016)


Grande perda para a Universidade brasileira, para a Academia Brasileira de Filosofia e para todos os que cultuamos o estudo do pensamento brasileiro. A morte de Aquiles Côrtes Guimarães, acontecida hoje (29.06.2016), no Rio de Janeiro, deixa-nos de luto.
Aquiles, meu amigo e colega de estudos do Curso de Doutorado em Pensamento Luso-Brasileiro, oferecido pela Universidade Gama Filho entre as décadas de 70 e 90, destacou-se como um dos principais estudiosos da Fenomenologia no Brasil e da sua influência no campo específico dos estudos jurídicos. Incentivou e orientou gerações de jovens pesquisadores tanto no que se refere à pesquisa e ao estudo da Filosofia Contemporânea na Universidade Federal do Rio de Janeiro e na UERJ, como no relacionado ao aprofundamento nas fontes e manifestações modernas e atuais do Pensamento Brasileiro.
Aberto às várias vertentes da Filosofia, Aquiles, como membro do Instituto Brasileiro de Filosofia e da Academia Brasileira de Filosofia (da qual foi um dos membros fundadores), incentivou a pesquisa pluralista e a tolerância intelectual. Como membro atuante do Instituto de Filosofia Luso-Brasileira, com sede em Lisboa, participou ativamente dos Colóquios "Tobias Barreto" e "Antero de Quental" organizados, em Portugal e no Brasil, por Antônio Braz Teixeira, José Esteves Pereira e José Maurício de Carvalho, ao longo dos últimos vinte anos. Participou também, de forma marcante, dos Encontros Nacionais de Professores e Pesquisadores da Filosofia Brasileira, realizados na Universidade Estadual de Londrina pelo saudoso amigo Leonardo Prota (1930-2016). Deixa obra volumosa que enriquece a Estante do Pensamento Brasileiro, bem como a referente à Filosofia do Direito e à Fenomenologia.
Entre 1985 e 1991 tive oportunidade de trabalhar, a convite de Aquiles, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro, no Curso de Mestrado em Estudos de Problemas Brasileiros. Motivado por esse convite, apresentei-me ao Concurso para Professor dessa Universidade, tendo sido vinculado ao Departamento de Filosofia.
Aquiles nasceu em Aimorés (Minas Gerais), em 1937. Cursou o Bacharelado em Filosofia no Rio de Janeiro, na antiga Universidade do Brasil e em Direito, na Universidade Federal Fluminense. Fez o Mestrado em Filosofia no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da UFRJ (1977), tendo concluído na Universidade Gama Filho o seu doutoramento em Pensamento Filosófico Luso-Brasileiro (1982). Na UFRJ, onde foi chefe de Departamento e Coordenador da Pós-graduação em Filosofia, implantou a disciplina Filosofia Brasileira. Essa mesma disciplina foi por ele criada na UERJ, onde se desempenhou em importantes cargos administrativos, tendo sido ali um dos criadores do Curso de Mestrado e Doutorado em Filosofia do Direito. Presidiu a seção carioca do Instituto Brasileiro de Filosofia e foi consultor do Ministério da Educação em assuntos ligados à pós-graduação em Filosofia.
Para sua esposa e familiares, registro aqui os meus sentidos pêsames.
Dentre as várias obras publicadas por Aquiles, destacam-se as seguintes: Existência e verdade no pensamento de Farias Brito (1977), Farias Brito e o existencialismo no Brasil (1979), A formação do Pensamento Brasileiro (1981), Momentos do pensamento luso-brasileiro (1981), O tema da consciência na filosofia brasileira (1982), Partidos políticos e sistemais eleitorais no Brasil (1982), Cinco lições de Filosofia do Direito (1997), Pequenos estudos de Filosofia brasileira (1997).
Entre os estudos relativos ao seu pensamento, vale a pena destacar o efetivado pelo professor Antônio Paim, na Apresentação que escreveu para o opúsculo de Aquiles, já mencionado, Pequenos estudos de filosofia brasileira. Outro estudo de destaque sobre a vida e a obra de Aquiles é constituído pelo verbete que ao saudoso amigo dedicou o Centro de Documentação do Pensamento Brasileiro, no Dicionário Bibliográfico de Autores Brasileiros (Brasília: Senado Federal / Salvador-Bahia: CDPB, 1999, p. 243-244).

Ricardo Vélez-Rodríguez

José Esteves Pereira cedendo o lugar de Presidente de Direcção do IFLB a António Braz Teixeira.

 

 

Constituição dos actuais corpos sociais, eleitos em Assembleia Geral (27 de Abril de 2016):

Assembleia Geral: José Esteves Pereira (Presidente), Ana Paula Loureiro de Sousa e Rui Lopo.

Direcção: António Braz Teixeira (Presidente), Manuel Cândido Pimentel (Vice-Presidente), Manuel Ferreira Patrício, Renato
Epifânio e Samuel Dimas.

Conselho Fiscal: Ernesto Castro Leal (Presidente), José Valle de Figueiredo e Sofia Carvalho.

Secretariado: Henrique de Queiroz Nazareth.


 

 

RELATÓRIO DA DIRECÇÃO DO IFLB: INSTITUTO DE FILOSOFIA LUSO-BRASILEIRA (2015)

 

1.      Como nos anos anteriores, em 2015, a actividade desenvolvida pelo IFLB consistiu na organização de diversos Colóquios, por iniciativa própria ou em parceria com outras entidades, bem como na realização de cursos sobre matéria inscrita no seu âmbito estatutário. Assim, no ano findo, o IFLB participou, activamente, com a Universidade Federal de São João d’El Rei, na organização do XI Colóquio Antero de Quental, que decorreu, naquela cidade mineira, de 11 a 15 de Maio, e no qual se prosseguiu o estudo da filosofia jurídica luso-brasileira, iniciado, no ano anterior, em Lisboa, no X Colóquio Tobias Barreto (17-21 de Novembro).

2.      Em colaboração com a Universidade dos Açores, a Universidade Católica Portuguesa e a Casa dos Açores em Lisboa, teve lugar, em Ponta Delgada e em Lisboa (26-30 de Novembro), um Colóquio sobre o pensamento e a obra do poeta, crítico e filósofo José Enes (1924-2013).

3.      Promovido pelo IFLB, realizou-se, em Lisboa, no dia 17 de Abril, um Colóquio dedicado ao estudo da obra e da figura de Ariano Suassuna (1927-2014), grande escritor brasileiro, que foi sócio do IFLB e participou, mais do que uma vez, nos seus trabalhos, Colóquio cujas Actas serão publicadas no nº 18 da Revista NOVA ÁGUIA (2º Semestre de 2016).

4.      O IFLB participou também, de forma activa, na organização do Congresso sobre a Obra e o Pensamento de Sampaio Bruno (1857-1915), no centenário do seu falecimento, que decorreu em Lisboa (na sede do IFLB) e no Porto (no Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto e na Biblioteca Pública Municipal do Porto), de 4 a 6 de Novembro.

5.      Ainda no mês de Novembro, o IFLB foi um das instituições associadas à realização do 1º Festival Literário de Fátima “Tabula Rasa”, sobre “A relação entre a Literatura e a Filosofia”, realizado nos dias 18 a 22 desse mês.

6.      Como já acontecera anteriormente, o IFLB foi, conjuntamente com o CEFi: Centro de Estudos de Filosofia, da Universidade Católica Portuguesa, uma das entidades organizadoras do 2º Seminário de Investigação sobre “A estética no pensamento português (30 de Abril) e do 6º Seminário sobre “Redenção e Escatologia no pensamento português” (30 de Setembro), realizados, ambos, em Lisboa, na Universidade Católica Portuguesa.

7.      Com início em Novembro de 2015, prosseguiu o ciclo de cursos sobre Filosofia e Cultura luso-brasileira, que, como habitualmente, se prolongará até Junho do ano corrente e é dedicado ao Modernismo literário, artístico, musical e especulativo nos dois países.

8.      Já no ano corrente, o IFLB, com a Universidade de Évora e o Instituto de Filosofia da Universidade do Porto, promoveu a realização de um Simpósio de Homenagem a Manuel Ferreira Patrício, que decorreu em Évora, Lisboa e Porto, de 23 a 26 de Fevereiro.

9.      Neste momento, encontram-se em adiantado estado de preparação o Colóquio destinado a assinalar os quarenta anos do falecimento do pensador portuense Amorim de Carvalho (1904-1976), organizado pelo IFLB, em colaboração com o Instituto de Filosofia da Universidade do Porto, que decorrerá, no Porto e em Lisboa, nos dias 6 e 7 de Abril, um Colóquio sobre a Obra de D. Francisco Manuel de Melo (Biblioteca Nacional: 6 e 7 de Outubro) e o XI Colóquio Tobias Barreto, em que se concluirá o estudo do pensamento filosófico-jurídico luso-brasileiro, iniciado no X Colóquio Tobias Barreto (Lisboa, 2014), cujas Actas foram publicadas no passado mês de Fevereiro. Este próximo Colóquio decorrerá em Lisboa (17-21 de Outubro) e nele se assinalará, ainda, o centenário de nascimento de J. Bacelar de Oliveira (1916-1999), Vicente Ferreira da Silva (1916-1963), A. Miranda Barbosa (1916-1973), J.S. Silva Dias (1916-1994) e Vergílio Ferreira (1916-1996). Em breve, contamos ainda anunciar a data do V Colóquio Luso-Galaico sobre a Saudade, em Homenagem a Afonso Botelho, nos vinte anos da sua morte, bem como um Colóquio sobre “A Obra e o Pensamento de Gustavo de Fraga”.

10.  A Direcção do IFLB regista, com profundo pesar, o recente falecimento do Professor Leonardo Prota (1930-2016), grande impulsionador, durante vários anos, da Editora da Universidade de Londrina, através da qual promoveu a edição de muitas obras consagradas ao pensamento luso-brasileiro, com especial destaque para os volumes II e III da Obra Filosófica de Luís Pereira Barreto e para 5ª edição da História das Ideias Filosóficas no Brasil, de António Paim, e dos sete volumes de Estudos Complementares da mesma obra.

11.  A Direcção aproveita esta oportunidade para, mais uma vez, agradecer aos outros órgãos sociais, ao Secretário-Geral, Senhor Dr. Henrique de Queiroz Nazareth, e a todos os demais sócios e colaboradores a valiosa e empenhada contribuição para as actividades do IFLB, bem como à Sociedade Histórica da Independência de Portugal o generoso acolhimento que tem dispensado ao Instituto, às suas actividades e funcionamento, reiterando o seu apelo aos sócios que tenham quotas em atraso para que, no mais breve prazo, as regularizem, pois a receita delas proveniente é imprescindível para o IFLB poder prosseguir e, se possível, ampliar a sua actividade.

 

Lisboa, 28 de Março de 2016

 

A Direcção do IFLB

 

Colóquios por nós promovidos: 

I Colóquio Tobias Barreto (1990)

I Colóquio Antero de Quental (1991)

II Colóquio Tobias Barreto (1992)

II Colóquio Antero de Quental (1993)

I Colóquio “Introdução à Filosofia da Saudade” (1993)

Colóquio sobre Sampaio Bruno (1993)

III Colóquio Tobias Barreto (1994)

II Colóquio Luso-Galaico sobre a Saudade (1995)

III Colóquio Antero de Quental (1995)

IV Colóquio Tobias Barreto (1996)

Colóquio sobre Silvestre Pinheiro Ferreira (1997)

Colóquio sobre o pensamento de Afonso Botelho (1997)

IV Colóquio Antero de Quental (1997)

V Colóquio Tobias Barreto (1998)

V Colóquio Antero de Quental (1999)

VI Colóquio Antero de Quental (2000)

VI Colóquio Tobias Barreto (2001)

Colóquio Comemorativo do 10º aniversário do IFLB (2002)

Colóquio “Pensamento Político Luso-Brasileiro” (2002)

VII (a) Colóquio Antero de Quental (2002)

VII Colóquio Tobias Barreto (2004)

VII (b) Colóquio Antero de Quental (2006)

VIIII Colóquio Tobias Barreto (2007)

III Colóquio Luso-Galaico sobre a Saudade (2008)

Colóquio sobre a Obra de António José de Brito (2008)

VIII Colóquio Antero de Quental (2009)

Colóquio sobre a Obra de Eduardo Abranches de Soveral (2009)

Colóquio “A Escola de Braga e a Formação Humanística: Tradição e Inovação” (2009)

Colóquio “O Movimento Fenomenológico Português" (2009)

IX Colóquio Tobias Barreto: "Miguel Reale e o pensamento luso-brasileiro" (2010)

Colóquio "A Obra e o Pensamento de António Telmo" (2011)

Colóquio "A Obra e o Pensamento de Eudoro de Sousa" (2011)

IX Colóquio Antero de Quental (2011)

IV Colóquio Luso-Galaico sobre a Saudade (2011)

Congresso "Pensamento, Memória e Criação no Primeiro Centenário da Renascença Portuguesa" (2012)

Colóquio "O Pensamento e a Obra de Pinharanda Gomes" (2013)

X Colóquio Antero de Quental (2013)

Colóquio Luís António Verney e a cultura luso-brasileira do seu tempo (2013)

X Colóquio Tobias Barreto (2014)

Colóquio "A Obra e o Pensamento de Ariano Suassuna" (2015)

XI Colóquio Antero de Quental (2015)

Colóquio José Enes: Pensamento e Obra (2015)

Simpósio de Homenagem a Manuel Ferreira Patrício (2016)

Colóquio "A Obra e o Pensamento de Amorim de Carvalho (2016)

V Colóquio Luso-Galaico sobre a Saudade (2016)

Colóquio "A Obra e o Pensamento de D. Francisco Manuel de Melo" (2016)

XI Colóquio Tobias Barreto (2016)

Se quiser integrar esta instituição, poderá encontrar as fichas de inscrição neste sítio (à esquerda). Aí encontrará também outras informações relativas à nossa actividade.


Notícias

15-11-2009 18:54

Nota aos visitantes

Deixe os seus vistantes a atualizados das novidades e eventos na sua página regularmente.Mantenha a sua página atualizada, para que os visitantes visitem-na regularmente. Você pode utilizar a os RSS feed para divulgar novos artigos diretamente para os seus leitores.

—————

15-11-2009 18:53

Site aberto ao público

A nossa nova página de Internet foi lançada hoje. Conte aos seus visitantes porque criou este site e como podem se beneficiar com ele. Descreva os seus objetivos e as vantagens deste projeto. Tente de uma forma breve dar razões aos seus visitantes para voltarem à sua página.

—————